Início » Saúde » Doenças do verão: Miliária

Doenças do verão: Miliária

Hoje, às 06h04min, teve início uma das estações mais bonitas do ano, a primavera. Mas nós vamos ir mais longe e iremos falar sobre a próxima estação: o verão. Com o verão, que só se inicia às 02h30 do dia 22 de dezembro, somos acostumados a exibir corpos esculturais, bronzeados, malhados, enfim, perfeito. E se falamos em verão, lembramos de sol, calor, praia e… cuidado. Exatamente! O cuidado nesta época do ano é mais do que fundamental. Isso não quer dizer que você deve relaxar durante as outras estações, mas com o verão a atenção deve ser redobrada.

Para nos adiantarmos e não termos surpresas desagradáveis durante o verão, resolvi falar hoje aqui no blog sobre a miliária, uma doença que acomete muitas pessoas durante a estação mais quente do ano.

A doença se apresenta como uma erupção cutânea relacionada com as glândulas sudoríparas [que produzem o suor]. Afeta principalmente as crianças, mas também pode atingir os adultos. O quadro está relacionado com o aumento do calor e da produção do suor que, extravasando dentro da pele, antes de atingir a superfície, provoca um processo inflamatório.

A localização mais comum é o tronco e a região cervical. As lesões geralmente são acompanhadas por coceira. Formam-se “bolinhas avermelhadas” ou vesículas [pequeninas bolhas] sobre a pele avermelhada, podendo, em alguns casos, formar lesões mais exuberantes. Devido à coceira, a pele pode apresentar sinais de escoriação e pequeninas crostas sobre as lesões, devido à ruptura das bolhas pela coçadura. É comum a ocorrência de infecção secundária à doença, com o surgimento de pústulas [bolhas de pus] ou nódulos dolorosos.

Para evitar a miliária deve-se usar roupas frescas, tomar banhos frios e se proteger do calor, evitando o excesso de suor. O ar condicionado é um grande aliado no combate à doença. Deve-se evitar o excesso de roupas nas crianças pequenas, principalmente nos recém-nascidos, hábito comum entre mães com preocupação excessiva em agasalhar seus filhos. A miliária e as infecções secundárias que podem acompanhar a doença têm tratamento, que será determinado pelo médico dermatologista, de acordo com cada caso.

Agora basta você se prevenir, desde já, para não ter que perder o seu verão por causa de doença que você pode evitar. Até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s