Início » Saúde » Dengue: um sério problema

Dengue: um sério problema

Olá, sejam todos muito bem-vindos ao Nossa Conversa!

Hoje vamos falar sobre um assunto muito importante: a dengue no Brasil. Na manhã desta segunda-feira (05), o Ministério da Saúde publicou em sua página na internet uma notícia sobre o mapa da dengue no território brasileiro. De acordo com a informação, dos 561 municípios pesquisados, 48 estão em situação de risco, 236 em alerta e 277 em estado satisfatório.

Os resultados foram obtidos pela pesquisa realizada do LIRAa [Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti] entre os meses de outubro e novembro de 2011. Nos munícipios de risco, mais de 3,9% dos imóveis pesquisados apresentaram larvas do mosquito.

A pesquisa separou os resultados em três estágios: risco, alerta e satisfatório. Os municípios que estão em estado de risco, ou seja, aqueles que têm índices superiores a 3,9%, representam 48 dos 561 averiguados. Para os que estão em alerta, aqueles com índices entre 1% e 3,9%, o LIRAa registrou 236 contra 277 dos considerados satisfatórios, cidades em que os índices são inferiores a 1%.

O levantamento divulgado deverá, a partir de agora, ser feito três vezes ao ano, com intenção de mostrar aos brasileiros a situação do município e da região em geral sobre a dengue. Este ano, mais cidades foram pesquisadas, diferentes das somente 427 do ano passado.

Até o final do mês de novembro, foram registrados 742.364 casos suspeitos de dengue no país. Se comparado com o mesmo período de 2010, podemos ver uma redução de 25%. De janeiro a novembro do ano anterior, foram contabilizados 985.720 casos suspeitos. Entre as regiões brasileiras, a que teve maior queda foi a região Centro-Oeste: 77%. De 211.695 casos, em 2010, para 44.524, em 2011.

Antes de finalizar esta postagem quero deixar uma mensagem aos leitores do blog: ninguém precisa esperar uma medida do governo com campanhas contra a dengue para se mexer. Não é preciso também se tornar vítima do mosquito para passar a tomar certos cuidados. O conselho da vovó, de que prevenir é melhor que remediar, ainda é muito válido. A hospedagem do mosquito em sua casa só acontece quando você permite. E essa permissão é dada quando a larva do mosquito encontra condições perfeitas para se proliferar.

* Clique aqui e veja o mapa completo da dengue no Brasil.

Combatendo a dengue!

  • Mantenha a caixa d’água sempre fechada;
  • Não deixe a água da chuva acumulada sobre a laje;
  • Remova tudo o que impede o transporte da água nas calhas;
  • Mantenha a lixeira bem fechada;
  • Guarde as garrafas sempre de cabeça para baixo;
  • Encha com areia as bordas dos vasos de planta.

 Pronto! Simples atitudes que fazem toda a diferença. São com elas que você diz não a dengue e protege toda a sua família.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s