Início » Saúde » Pressão alta: uma ameaça silenciosa

Pressão alta: uma ameaça silenciosa

Você pode conviver com uma bomba relógio e não sabe. Hoje, no Nossa Conversa, vamos falar sobre a pressão alta, que atinge 23,3% da população adulta brasileira. De acordo com uma pesquisa realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a média de consumo de sal do brasileiro é de 12 gramas ao dia, enquanto o recomendado pela OMS (Organização Mundial de Saúde) é de 5 gramas diários.

A pesquisa do instituto ainda revela que 70% dos adultos brasileiros consomem mais que os 5 gramas recomendáveis de sal. Se somarmos os adolescentes de 14 a 18 anos, esse percentual sobe para mais de 90%. A situação é muito mais perigosa do que se imagina. Os sintomas da pressão alta costumam se manifestar em apenas 10% dos hipertensos, que, no Brasil, atinge 33 milhões de pessoas.

É nítido que a causa da pressão alta é a ingestão em excesso de sal na alimentação e quando isso acontece o sangue passa a ser bombeado pelo coração por uma força maior que o normal. Ao encontrar resistência para circular pelos vasos sanguíneos, o sangue acaba forçando contra a parede das artérias, dilatando o vaso e provocando fissuras onde a gordura se acumula, bloqueando assim a passagem do mesmo. Esse bloqueio pode resultar em infarto ou derrame na pessoa hipertensa.

A pressão normal de uma pessoa é de 12.8 para baixo, acima ou igual a 14.9 a pressão é considerada alta. Os sintomas, que como já mencionado aparecem em uma pequena parcela dos hipertensos, são: dor de cabeça, zumbido no ouvido, sangramento nasal e tontura. Em 90% dos casos a pressão alta é hereditária e afeta também os rins, olhos e o sistema nervoso.

Prática de exercícios físicos, redução do sal na alimentação e evitar alimentos enlatados e bebidas alcoólicas são medidas importantes para se prevenir ou controlar esse mal que atinge milhões de brasileiros atualmente. A pressão alta é mais uma “praga” e uma consequência do hábito do cidadão brasileiro em alimentar-se mal. Diga-se de passagem que é o pior hábito que qualquer um pode vir a desenvolver. Acompanhe, abaixo, uma matéria verdadeiramente esclarecedora e interessantíssima sobre a pressão alta. Veja!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s